Sábado Dia 02 de Março

Sábado dia 23/02

CARNAVAL e FOLIA no Microcine

Teremos filmes dedicados ao Carnaval!
Venham aproveitar e conhecer mais sobre as belezas e origens do Carnaval.
Esse Sábado. Dia 09 de Fevereiro de 2013

Mostra CINE FÉRIAS III

Aproveite a Mostra Cine Férias III do Ponto de Cultura Cinema Brasil. Animações como “De Janela para o Cinema” e “31 Minutos” e muito mais.
Entre os dias 26/01/2013  e  02/02/2013.

Festa de NATAL e mais Melhores da MOSTRA

MELHORES DA MOSTRA 15.12.2012

Encerramento da MOSTRA OLHOS NEGROS IV:

Foi uma linda festa de encerramento que teve a MOSTRA OLHOS NEGROS IV. Após a exibição e os aplausos do público do longa-metragem CAPITÃES DA AREIA, Cecília Amado, a diretora do filme, e neta do escritor Jorge Amado, autor do romance que o inspirou, prestigiou a mostra com um longo depoimento, e foi homenageada com a apresentação de capoeira, maculelê e samba de roda, pelo grupo de garotos TERRA FIRME, da mestre Mucama http://www.facebook.com/MestreMucama . Cecília Amado e Guy Gonçalves (diretora e co-diretor do filme), além de responderem com grande carinho às perguntas do público, disseram ficar muito felizes com a calorosa recepção. Em seguida foi feita a reexibição do excelente filme SENHOR DO LABIRINTO, fechando a noite e o evento. Logo colocaremos mais fotos do público e das atividades aqui em http://www.microcine.com.br/

Veja mais notícias e fotos em http://www.facebook.com/events/266234520161475/
e curta nossa FAN-PAGE: http://www.facebook.com/mostraolhosnegros

                                           VEJA MAIS FOTOS NA GALERIA

Homenagem a Waldir Onofre e Antonio Pitanga

30 DE NOVEMBRO DE 2012:
Dois cineastas que servem de referência para as novas gerações, pela coragem de dirigir longas-metragens sobre a questão racial numa época em que isso era tabu, principalmente porque feitos pelo olhar de homens negros. WALDIR ONOFRE em 1975
, com Aventuras Amorosas de um Padeiro, e ANTONIO PITANGA em 1978, com Na Boca do Mundo. Filmes que foram sucessos de bilheteria por serem populares, mas que navegaram contra as marés do mercado que exigia filmes fáceis e de títulos de duplo sentido. Criaram obras únicas, singelas, que são parte da História do Cinema Brasileiro. Que ultrapassam os obstáculos de seu tempo e mergulham na imcompreensão histórica (e velada) entre as etnias, persistente até os dias de hoje. Provocaram na sociedade ainda mais racista e elitista da década de 1970 alvoroço e reflexão. Seus amigos, membros das equipes e elencos, e familiares aqui estarão, na MOSTRA OLHOS NEGROS IV, para prestigiar estes dois pioneiros.
Veja como chegar em http://www.microcine.com.br/ e confirme já sua presença no telefone (21) 2290-4593 ou pelo email da foto.

O DIA A DIA DA MOSTRA OLHOS NEGROS IV

Estamos entrando na SEGUNDA SEMANA da Mostra, e desta, um dia será muito especial: o dia 30/11, quando estarão presentes os cineastas WALDIR ONOFRE e ANTONIO PITANGA, dois dos primeiros cineastas negros deste país, recebendo homenagens, nossas, do público e dos convidados.
Waldir em especial, 78 anos, *o primeiro cineasta negro a abordar em um longa-metragem o tema racial*, logo seguido por Pitanga. Seus filmes serão exibidos na Mostra.

Dia 24 de Novembro, tivemos a presença do cineasta Marco Schiavon, diretor do premiado e sensível filme “XADREZ DAS CORES”, exibido neste sábado, e do escritor Alex Araujo (ASSALTO A LE PARKOUR), que, declarando se autoreconhecer como negro, fez elogios e críticas ao filme no debate que se seguiu a este e ao curta “O DESPEJO OU…MEMÓRIAS DA GABIRU”, de Sergio Glenes. O racismo e a questão das cotas raciais foram o tema do debate do dia.

Dia 23/11 na MOSTRA OLHOS NEGROS IV: após o documentário VISTA A MINHA PELE para um grupo de alunos da ASBEPE, uma ONG de Ramos, e outras pessoas da região da Leopoldina, tivemos um interessnte Debate com autoridades no assunto: Marcelo Dias – Superintendente de Igualdade Racial (a SUPIR, vinculada à Secretaria de Estado de Assistência Social e Direitos Humanos), e Adriana Baptista, jornalista da Revista QuiGeral RadioTV. Mais tarde, após a exibição do filme DISTRAÍDA PARA A MORTE, chegou o representante da EDUCAFRO. O papo foi muito bom e conscientizante.
Em tempo: o advogado Lúcio Correia de Andrade deu uma verdadeira aula de direito racial hoje. O filme AUTOESTIMA de Ednéa Gomes Rubim foi como um milagre aos nossos olhos. Parabéns Ednéa, Lúcio. Agradecimentos a todos!

Dia 20/11/2012, Dia de Zumbi, tivemos uma Mesa de Debate muito interessante: Após a exibição de QUILOMBO de Cacá Diegues e ALMA NO OLHO de Zózimo Bulbul, a mesa foi composta com: TITO ALMEJEIRAS, produtor executivo e ator com papel no filme Quilombo, MIRO NUNES, jornalista e membro da COJIRA (Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial), e DJALMA SANTOS, técnico cinematográfico e membro do COMDEDINE (Conselho Municipal de Defesa dos Direitos dos Negros). Após extensa conversa com o público, que fez perguntas sobre os filmes e sobre o Cinema Negro, passou-se à exibição do filme inédito nos cinemas comerciais “DIA DE PRETO”, de Marcos Felipe Delfino, Marcial Renato e Daniel Mattos. Filme criativo muito premiado. Hoje tem mais. Vejam a progamação.

ABERTURA DA MOSTRA OLHOS NEGROS IV

A Abertura da MOSTRA OLHOS NEGROS IV nesta sexta-feira 16/11 entre o feriado da Proclamação da República e o Sabadão teve a honra de contar com a presença de Miro Nunes, da diretoria da entidade COJIRA (Comissão dos Jornalistas pela Igualdade Racial), do cineasta Joel Zito Araujo , que falou com o público presente sobre sua obra e missão no cinema, do professor Delanir Cerqueira, personalidades que alimentaram um debate saudável, emocionante e construtivo. Contou também com a presença dos 3 diretores do longa-metragem inédito “DIA DE PRETO”, Marcos Felipe Delfino , Marcial Renato e Daniel Mattos , que igualmente debateram com a platéia e com Miro Nunes, já antecipando algumas das questões que serão abordadas nas Mesas de Debate previstas para as 2 semanas de mostra. A sessão com o longa inédito “5X PACIFICAÇÃO” populou as cadeiras do cinema com quase metade dos lugares ocupados. No intervalo, além da degustação de comidas típicas, houve a apresentação artística de Mestre Hulk, e seu grupo de capoeiristas e percussionistas, muito atabaque, pandeiro, berimbau e o samba de roda que embalou dança de Tia Lúcia, vestida a caráter, baiana animada, turbante e saia rodada e rendada. Houve exibição de todos os filmes da programação do dia, e todos saíram elogiando o evento e pedindo folders de programação para que amanhã sábado, a casa lote totalmente. Importante: quem não conseguiu ver os filmes na sexta, terá outra chance, basta conferir a Programação Completa. Os filmes de sábado 17/11 são muito interessantes também: “5X FAVELA – Agora Por Nós Mesmos” e SENHOR DO LABIRINTO, ficção inspirada na vida criativa e dramática de Arthur Bispo do Rosário. Completando o mosaico, o curta RAZ, uma trama interessante de um menino negro encontrando o seu espaço, uma forma de se expressar, e também o premiado documentário “RAÇA
HUMANA”, que conta os bastidores da aprovação das cotas raciais e do estatuto da igualde racial, e servirá como base para a MESA: “Cotas Raciais – Sim, mas até quando?”. Sábado, dia 17/11 no Microcine Bonsucesso CinemaBrasil.
Mais informações no link:
http://www.microcine.com.br/ (clicar em COMO CHEGAR).
Clique em GALERIA DE FOTOS para mais imagens da abertura.

          NOSSAS MAIORES MOSTRAS DE FILMES
                     MOSTRA CINE ÍNDIO BRASIL
Única no Estado do Rio de Janeiro dedicada a filmes brasileiros sobre a cultura indígena clique para ver Mostra Cine Índio Brasil III
                            MOSTRA OLHOS NEGROS
Única do Estado do Rio de Janeiro dedicada a filmes brasileiros sobre a cultura negra
clique para ver Mostra Olhos Negros IV
Compartilhe na sua rede social: